Pode acontecer câncer de mama em qualquer idade?

abr 19, 2021 | Artigos, Oncologia

O câncer de mama é uma das doenças que mais causam óbitos no Brasil e no mundo. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), ele é o segundo mais comum entre as mulheres no nosso país, estando atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

Apesar de em grande parte dos casos serem em pacientes acima dos 40 anos de idade, existem sim ocorrências da doença em mulheres mais jovens.

O câncer de mama em mulheres jovens é mais agressivo
Por ter uma frequência de casos bem inferior, ele é considerado raro entre adolescentes e mulheres de até 35 anos de idade.

Entre os casos observados, foi notado que o câncer é muito mais agressivo em quem é mais novo. Ele se espalha em uma velocidade muito maior e muitas vezes é difícil de ser diagnosticado. Mesmo exames como, por exemplo, a mamografia, podem não ajudar muito na detecção, forçando o paciente a realizar outros exames complementares.

Essa é a grande diferença da doença entre as faixas etárias. A agressividade maior nas pacientes jovens se dá pelo tipo de neoplasia que a aflige, o triplo-negativo.

Este possui uma capacidade de disseminação muito maior, crescendo de maneira muito mais rápida do que os outros cânceres.

Quais os fatores que causam o desenvolvimento do câncer?
Existem diversos fatores que podem aumentar o risco de desenvolver o câncer de mama. Entre os principais, podemos destacar:

Histórico da doença na família
Muitas mulheres podem ter uma predisposição maior a desenvolverem câncer de mama devido a um histórico familiar de pessoas que já tiveram a doença na mama ou no ovário – sobretudo de parentes próximos como mãe ou irmã. Jovens com esse histórico na família correm mais riscos de desenvolverem a doença.

Problemas com obesidade
Pessoas que tenham problemas com a balança estão sujeitas a desenvolverem diversas doenças, o que também inclui o câncer de mama. Quem, ainda que jovem, sofre com obesidade, corre o risco de que a gordura acumulada sirva de “sustentação” para alguns tumores devido ao excesso de hormônio feminino presente no corpo.

Fatores hormonais
Alguns fatores relacionados à parte hormonal das mulheres podem ser responsáveis pela doença, tais como: menstruação precoce (com menos de 12 anos), primeiro filho somente após os 30 anos e pílulas anticoncepcionais por longos períodos.

Exposição a radiação
Mulheres que receberam doses consideráveis de radiação ionizante podem ter graves sequelas. Aquelas que passam por muitos exames de mamografia ou realizam tratamento radioterápico na região do tórax, têm chances grandes de desenvolverem câncer nas mamas.

Quais tipos de tratamento existem?
Atualmente há diversas formas de tratamento que auxiliam no combate à doença, e muitos avanços ocorreram para que as chances de cura do paciente aumentassem.

Dependendo do tipo de câncer, pode ser tratado com quimioterapia, radioterapia, terapia biológica, cirurgia e hormonioterapia.

O diagnóstico precoce da doença é fundamental para que o paciente tenha uma boa resposta ao tratamento. Consulte-se regularmente, e a qualquer sintoma incomum, alerte o seu médico para que ele possa investigar a verdadeira causa.

Talvez você goste…

Share This