Curiosidades sobre o câncer de tireoide

set 24, 2021 | Artigos, Oncologia

O Câncer de Tireoide ainda é relativamente desconhecido se comparado às outras variações da doença. No entanto, por apresentar um grande perigo, é essencial conhecê-lo melhor para saber como identificá-lo caso seja notada alguma alteração e, em caso de confirmação, iniciar o tratamento o quanto antes para ter mais chances de vencer a doença.


Para ajudar nesse processo de prevenção, trazemos uma lista com algumas das principais curiosidades sobre o Câncer de Tireoide, afinal, manter-se bem informado é a melhor solução. Confira!


Câncer de Tireoide é mais comum em mulheres:

Muitas pessoas não sabem, mas no sexo feminino o Câncer de Tireoide tem uma frequência de aparecimento maior. São encontrados oito casos a cada 100 mil mulheres, enquanto com os homens é detectado apenas um a cada 100 mil analisados.


Como saber se tenho Câncer de Tireoide?

Infelizmente, a maior parte dos casos da doença não apresenta nenhum sintoma, o que pode tornar o processo de detecção muito tardio e avançado. Apesar disso, o nódulo na tireoide é a alteração mais frequentemente encontrada. O acompanhamento médico e o exame da glândula rotineiramente podem ajudar na detecção de nódulos sugestivos de câncer. Infelizmente, não há nenhum exame com boas características de sensibilidade e especificidade para detecção precoce desse tipo de tumor.

Quando da suspeita, para confirmar a doença é necessário realizar o processo de aspiração do nódulo com a ajuda de uma agulha fina para colher a amostra e enviar o material para o patologista, que vai olhar para as células e nos dizer se
há ou não câncer na amostra. Aproximadamente 90% dos casos resultam em nódulos benignos, ou seja, não-cancerosos, mas o importante é fazer toda a investigação.


Fatores de risco:

Cientificamente, entendemos algumas alterações genéticas que levam ao aparecimento de certos tipos de câncer de tireoide, e alguns fatores ambientais que se correlacionam com seu aparecimento também. Ter mais de 40 anos, histórico familiar e tratamento com radiação feito na infância ou adolescência, por exemplo, são listados como alguns dos principais fatores de risco do Câncer de Tireoide.


Que médico consultar?

Caso esteja estranhando algo em seu corpo, a melhor decisão é marcar consulta com um médico endocrinologista, pois essa é a especialidade dedicada a estudar as glândulas do corpo, seus hormônios e seus efeitos no corpo humano.


Processo de tratamento

Quando o Câncer de Tireoide é diagnosticado em fases iniciais, é preciso fazer uma cirurgia chamada de tireoidectomia, na qual é retirada uma parte ou toda a glândula da tireoide dependendo do tamanho e do tipo de tumor de tireoide.
Em alguns casos, o processo isolado ainda não é suficiente, sendo necessário complementar o tratamento com iodo radioativo, especialmente em tumores grandes que tenham acometido linfonodos no pescoço.


O alerta principal é dado às mulheres, por terem maior risco não devem negligenciar essa possibilidade!

Talvez você goste…

Share This