Fale conosco pelo WhatsApp

Câncer de colón

A notícia da morte de Chadwick Boseman no dia 28 de agosto chocou muitas pessoas, já que nunca foi divulgado para a grande mídia que o ator enfrentava uma doença tão perigosa quanto o câncer. Após o seu falecimento, foi esclarecido que Boseman havia sido diagnosticado há quatro anos com câncer de cólon e vinha lutando desde então.

Esse tipo de câncer ainda é muito desconhecido pelas pessoas e a morte do ator de Pantera Negra gerou uma maior preocupação no mundo todo a respeito dos sintomas do câncer de cólon e a importância do diagnóstico precoce. Para entender um pouco mais sobre a doença que matou Chadwick Boseman, basta continuar lendo.

O que é câncer de cólon?

Também conhecido como câncer de intestino ou câncer colorretal, a doença caracteriza os tumores que se desenvolvem no cólon, uma parte do intestino grosso, no reto e ânus. De acordo com dados liberados pela Organização Pan-Americana da Saúde em setembro de 2018, o câncer colorretal é o terceiro tipo de câncer mais comum, com aproximadamente 1,8 milhão de casos registrados naquele ano. Desses, 862 mil óbitos foram registrados, caracterizando uma alta taxa de mortalidade.

No entanto, o câncer de cólon evolui lentamente, dando maiores expectativas para que a cura seja uma possibilidade. Além disso, a doença pode ser detectada durante o exame de colonoscopia, permitindo que o tratamento comece o quanto antes e que os pólipos sejam removidos antes de tornarem-se tumores malignos. Como sempre, o principal fator é que o diagnóstico seja feito rápido para que as chances de cura sejam maiores.

Quais são os sintomas do câncer de cólon?

Em casos de diagnóstico positivo, é preciso estar atento aos sintomas para poder localizar a doença precocemente e aumentar as chances de sobrevivência. Se for notada a aparição de sangue nas fezes, forte alteração no hábito intestinal, como diarréia e prisão de ventre com frequência, é recomendado procurar apoio médico o quanto antes para verificar a
possibilidade de ser câncer de cólon.

Além desses, outros sintomas listados pelo Instituto Brasileiro do Câncer (INCA) são as dores no abdômen, assim como fraqueza, anemia e/ou perda de peso sem que haja um motivo aparente. Em relação às fezes, é preciso atentar também para o caso de haver uma mudança abrupta no formato delas, tornando-se muito finas e compridas.

Como evitar o câncer de cólon?

A doença tem profunda relação com o intestino, por isso, uma dieta equilibrada pode ajudar fortemente a evitar que o câncer de cólon se manifeste no corpo. Para isso, é preciso evitar a ingestão excessiva de carnes vermelhas, especialmente as que são processadas, e incluir mais frutas, legumes e verduras nas refeições.

Evitar drogas é também um passo essencial. Consumo excessivo de álcool e fumo fragilizam o corpo humano, deixando-o mais vulnerável para que doenças como o câncer de cólon se manifestem. É necessário cortar esse tipo de hábito e investir em atividades físicas para fugir do sedentarismo e fortalecer o corpo, trazendo maior equilíbrio ao intestino.